Como escolher o forno ideal para a sua cozinha

Neste guia, encontrará informação sobre os principais tipos de fornos domésticos disponíveis no mercado, para poder escolher o mais adequado para a sua cozinha.

Fornos domésticos: ver produtos

  • Como escolher o seu forno?

    Forno KitchenAid

    Ao escolher um forno, deve ter em conta diversos critérios, tais como o tipo de forno, a sua capacidade e o modo de instalação. A escolha entre um forno a gás e um forno elétrico poderá depender da sua preferência, mas também da existência e localização das instalações de gás e eletricidade na sua cozinha. Se cozinhar regularmente, talvez queira investir num forno com características mais avançadas, mas se for um cozinheiro ocasional poderá preferir um equipamento mais simples.

    Principais critérios para a escolha de um forno:

    • fonte de energia
    • tipo de forno
    • capacidade
    • modo de instalação
    • forno simples ou duplo e funções
    • facilidade de limpeza
  • Forno elétrico ou a gás: qual a melhor opção?

    Os fornos elétricos são os mais comercializados hoje em dia e apresentam diversas vantagens em relação aos fornos a gás:

    Forno General Electric

    • Há maior variedade de modelos e funções disponíveis a preços competitivos.
    • São mais fáceis de instalar.
    • Geram um calor mais seco, ideal para deixar os alimentos com a superfície estaladiça.

    Os fornos a gás são agora menos comuns do que os elétricos, mas também têm as suas vantagens:

    • Os alimentos conservam melhor a sua humidade.
    • Aquecem mais rapidamente.
    • Consomem menos energia do que os fornos elétricos e, como tal, a sua utilização sai mais barata (dependendo do preço e dos métodos de produção da energia utilizada).

    Uma desvantagem dos fornos a gás é que a temperatura no interior do forno não é uniforme. Para contornar este problema, convém ir virando os alimentos de vez em quando. Também poderá optar por um modelo com ventilação, que faz o ar quente circular, garantindo uma temperatura mais homogénea nas diferentes zonas do forno. Outras desvantagens dos fornos a gás prendem-se com a pouca variedade de modelos à escolha, o preço de compra mais elevado e a necessidade de uma instalação de gás.

  • Que tipo de forno escolher?

    O tipo de forno que escolher terá influência no nível de humidade e na textura dos alimentos, por isso é importante ter em conta para que tipo de pratos irá utilizá‑lo maioritariamente.

    Os fornos estáticos cozinham os alimentos com o calor gerado por resistências elétricas ou por queimadores a gás, não possuindo um ventilador. O ar circula por convecção natural, mas não o suficiente para distribuir o calor uniformemente, o que faz com que certas partes do forno aqueçam mais do que outras. O forno estático é mais adequado para confecionar bolos e biscoitos, por exemplo, pois vai cozendo os alimentos ao mesmo tempo por dentro e por fora.

    Os fornos ventilados, ou fornos de convecção forçada, estão atualmente presentes na maior parte das cozinhas. Possuem uma ventoinha que faz circular o ar quente no interior do forno, o que torna a cozedura mais rápida e uniforme. São, portanto, ideais para alimentos que devam ficar estaladiços por fora, mas não para bolos que precisem de conservar a sua humidade. Muitos fornos de convecção forçada têm um modo de cozedura sem ventilação, podendo assim funcionar como fornos estáticos.

    Os fornos a vapor têm um preço de compra mais elevado e são ainda raros nas cozinhas domésticas, mas estão a ganhar terreno porque oferecem diversas vantagens em relação aos fornos convencionais. Por exemplo, cozinham os alimentos mais rapidamente, com menos gordura, e preservam melhor o sabor e os nutrientes, o que faz deles a solução perfeita para confecionar pratos saudáveis. Além disso, são mais eficientes do que os micro‑ondas para descongelar e para aquecer comida. Os fornos a vapor funcionam através da injeção de vapor no interior do forno durante a cozedura. Alguns modelos possuem um reservatório que se enche com água, enquanto outros têm de ser ligados à água da rede. Ao contrário dos fornos a vapor convencionais, que não assam nem gratinam, os novos fornos a vapor combinados reúnem num só aparelho a função de vapor, a cozedura por convecção e/ou o modo grill.

    Os fornos micro‑ondas cozinham e aquecem a comida através de micro-ondas que agitam fortemente as moléculas de água dos alimentos, provocando o seu aquecimento. Estes fornos são geralmente mais pequenos, pois servem sobretudo para aquecer ou preparar pequenas refeições, coexistindo com um forno convencional na maioria das cozinhas. Embora, de um modo geral, sejam mais baratos, mais fáceis de limpar e cozinhem os alimentos mais rapidamente, têm algumas desvantagens. Não aquecem os alimentos de forma homogénea e não são adequados para aquecer ou cozinhar grandes quantidades de comida de uma só vez nem pratos maiores, como um frango. Além disso, os micro-ondas não assam nem gratinam, exceto os modelos combinados. Estes podem, aliás, representar a solução ideal se não houver espaço suficiente na cozinha para ter um forno micro-ondas e um forno convencional.

    Muitos fornos domésticos são multifunções, o que significa que oferecem múltiplas opções de cozedura. Para além dos modelos combinados com funções de vapor ou de micro-ondas, há ainda fornos multifuncionais com grill, com espeto rotativo (função churrasco / assador) e com programas automáticos para diferentes tipos de alimentos ou pratos.

    Forno ventilado STEEL

    Forno a vapor BOSCH

    Forno micro-ondas WHIRLPOOL

    Tipos de fornos:

    • Forno estático
    • Forno ventilado
    • Forno a vapor
    • Forno micro-ondas
  • Por que tipo de instalação optar?

    Os mais comuns são os fornos de encastrar, conhecidos no Brasil por fornos de embutir. Podem ser encastrados numa coluna de cozinha ou na bancada, frequentemente por baixo da placa (cooktop). Se estiver a pensar comprar um forno a gás ou a vapor, certifique-se de que dispõe das instalações necessárias na sua cozinha para fazer a ligação à rede de gás ou de água, conforme o caso. Embora a maioria dos fornos de encastrar tenha dimensões padrão, convém verificar se estas correspondem ao espaço disponível no móvel.

    As dimensões padrão podem variar de um país ou de um continente para outro. Por exemplo, na União Europeia, a maior parte dos fornos de encastrar destinam-se a móveis de cozinha standard com 60 cm de largura e até 60 cm de profundidade.

    Alturas comuns dos fornos na UE
    Forno compacto 45 cm
    Forno standard 60 cm
    Forno duplo 70 – 90 cm
    Forno duplo a instalar por baixo da bancada até 75 cm

    Se não for possível encastrar um forno nos móveis que já tem na sua cozinha e tiver pouco espaço disponível, poderá optar por um forno de instalação livre sobre a bancada. Se, ao invés, a sua cozinha for espaçosa, talvez prefira um fogão com forno.

  • Quais as opções de limpeza e manutenção dos fornos?

    Os fornos convencionais têm um revestimento interior em esmalte para facilitar a limpeza, mas um forno com função de autolimpeza vai certamente poupar-lhe tempo e trabalho. Há dois sistemas principais de limpeza automática: o pirolítico e o catalítico.

    • Os fornos com limpeza pirolítica efetuam um ciclo de aquecimento a altas temperaturas (superiores a 400ºC) para queimar quaisquer resíduos no seu interior, reduzindo‑os a cinzas. No final do programa, depois de o forno arrefecer, basta passar um pano húmido.
    • Os fornos com limpeza catalítica possuem um revestimento especial nas paredes interiores que absorve a gordura e a decompõe a temperaturas superiores a 200ºC.
  • Fornos: quais as últimas tendências?

    Forno de pizza ALFA REFRATTARI

    Têm surgido no mercado fornos com novas tecnologias e funcionalidades para que cozinhar seja mais fácil e agradável. Deixamos aqui alguns exemplos:

    • Fornos inteligentes com WiFi, que permitem vigiar a cozedura e controlar o forno à distância através de uma aplicação instalada no smartphone.
    • Fornos com ecrã, para ver vídeos de receitas enquanto cozinha.
    • Fornos com porta escamoteável.
    • Fornos com guias telescópicas, para facilitar a colocação e remoção do tabuleiro do forno.
    • Fornos de pizza, quer elétricos quer os tradicionais a lenha, para áreas interiores e exteriores.
Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados com *