Que lava-loiça escolher?

O lava-loiça, também chamado lava‑louça ou, no Brasil, pia de cozinha, é um elemento indispensável em qualquer cozinha para preparar os alimentos, lavar a louça e não só. A escolha vai depender, em grande medida, do uso previsto para o lava-loiça (doméstico ou profissional), bem como do espaço e do orçamento de que se dispõe. Além disso, há que ter em conta o local onde se situam as canalizações da rede de água e da rede de esgoto. O estilo e o acabamento do lava-loiça também poderão pesar na sua escolha.

Este guia de compra foi elaborado para auxiliar na escolha de um lava-loiças para uso doméstico tendo em consideração a variedade de opções disponíveis no mercado. Os lava-loiças para uso profissional têm características específicas e não são aqui abordados.

Lava-loiças: ver produtos

  • Como escolher o lava-loiça ideal para a sua cozinha?

    Neste guia, vamos analisar os critérios mais importantes para escolher um lava-louça, nomeadamente o material de que é feito, o tipo de instalação, o número de bacias (cubas), o formato e as vantagens dos modelos com e sem escorredor.

    Critérios de escolha:

    • Material de fabrico
    • Tipo de instalação
    • Número de bacias (cubas)
    • Formato
    • Com ou sem escorredor
  • Que material escolher para o lava-loiça?

    A maioria dos lava-louças é fabricada em aço inoxidável, em materiais compósitos, em cerâmica ou em pedra natural. Cada material tem as suas vantagens e é importante conhecê‑las para tomar a sua decisão.

    O aço inoxidável é leve, resistente a manchas e fácil de limpar, mas está sujeito ao aparecimento de riscos e pequenas mossas. Há certos tipos de aço inoxidável com propriedades que conferem maior resistência a riscos, que são comercializados em diferentes espessuras e alguns recebem um acabamento texturizado que prolonga a sua vida útil.

    Os lava-louças à base de materiais compósitos e resinas estão disponíveis numa grande variedade de cores, formatos e acabamentos. São geralmente fáceis de limpar e resistentes a temperaturas elevadas, a riscos e a impactos, mas podem começar a apresentar manchas ao fim de algum tempo. Os compósitos de pedra de melhor qualidade são à base de granito ou de quartzo. Alguns são constituídos por 80% de pedra e 20% de resina, o que se traduz num acabamento de grande beleza e durabilidade.

    Os lava-loiças de cerâmica e os de pedra natural apresentam elevada resistência a altas temperaturas, a riscos e a manchas. São muito procurados pela sua durabilidade e dos mais comuns em cozinhas de estilo tradicional. Contudo, são mais pesados e possuem menos capacidade para absorver impactos. O acabamento da cerâmica pode lascar‑se e determinadas pedras necessitam de tratamentos específicos, nomeadamente de impermeabilização.

    Lava-loiça em compósito MARMORIN

    Lava-loiça em compósito MARMORIN

    Lava-loiça em cerâmica SIMAS

    Lava-loiça em cerâmica SIMAS

    Lava-loiças em aço DADA

    Lava-loiças em aço DADA

    Materiais mais utilizados em lava‑loiças:

    • Aço inoxidável
    • Compósitos e resina
    • Cerâmica
    • Pedra natural
  • Que tipo de instalação escolher para o lava-loiça?

    Os lava‑louças diferem consoante o tipo de instalação para que foram concebidos. Sem entrar em detalhes sobre como instalar lava-louças, apresentamos em seguida as informações mais pertinentes sobre cada tipo de instalação, pois este é um fator que poderá influenciar significativamente a sua escolha.

    Os mais correntes são os lava-loiças de encastrar por cima, também chamados “de instalação superior” ou ainda “pias de cozinha de sobrepor”. São inseridos num orifício recortado para o efeito no tampo da bancada e o seu rebordo assenta no tampo, escondendo as imperfeições do recorte. Os lava-loiças de encastrar por baixo da bancada são semelhantes aos anteriores, com a diferença de que o recorte do tampo fica à mostra. Como tal, têm que ser instalados num tampo com um recorte pré‑acabado e de dimensões precisas, que fique perfeitamente alinhado com as paredes da cuba. Estas pias ocupam menos espaço na bancada e são mais fáceis de limpar dado haver menos juntas. São dos modelos mais procurados para cozinhas de design minimalista.

    Os lava-loiças de semiencastrar, ou pias de cozinha de semiencaixe, são montados em cima de um armário, ficando parcialmente encastrados no tampo da bancada e com a face frontal visível. Certifique‑se de que o armário que lhe servirá de base tem as dimensões adequadas para que o lava-loiça fique devidamente apoiado e à altura correta. Estes lava-loiças possuem, geralmente, uma cuba ampla e profunda e integram‑se harmoniosamente em cozinhas tradicionais ou rústicas.

    Existem outros tipos menos comuns, como as pias de apoio, ou de pousar na bancada, os modelos freestanding, ou de piso, e os lava-loiças integrados, que formam uma peça única com o tampo. Estes últimos são mais higiénicos e fáceis de limpar devido à ausência de juntas onde se possa acumular sujidade. Podem ser fabricados por medida em aço soldado ou em materiais compósitos, como o Corian.

    Lava-loiças de encastrar MUNDILITE

    Lava-loiças de encastrar por cima MUNDILITE

    Lava-loiças de encastrar por baixo ZECCHINON

    Lava-loiças de encastrar por baixo ZECCHINON

    Lava-loiças de semiencastrar HERBEAU

    Lava-loiças de semiencastrar HERBEAU

    Principais tipos de instalações de lava-loiças:

    • De encastrar por cima
    • De encastrar por baixo
    • De semiencastrar
    • De pousar / de apoio
    • Freestanding / de piso
    • Integrado
  • O que considerar ao escolher o número de bacias?

    Lava-loiça com duas bacias da OFFICINE GULLO

    Lava-loiça com duas bacias da OFFICINE GULLO

    A escolha do número e das dimensões das bacias (ou cubas) dependerá sobretudo do tamanho da bancada, bem como do espaço disponível em baixo para a profundidade da(s) bacia(s), para o sifão e as tubagens. O uso previsto constitui um outro fator primordial: se conta lavar panelas grandes ou grandes quantidades de loiça, por exemplo, convém optar por um lava-louças com uma bacia maior, mais profunda, e eventualmente um escorredor de grandes dimensões.

    Os lava-loiças com duas bacias (ou pias de cuba dupla) podem ter diversas configurações: duas bacias iguais ou uma grande e outra pequena (também ditos de cuba e meia), com uma separação completa ou uma divisória mais baixa. Os modelos com uma divisória baixa são versáteis, permitindo lavar loiças e utensílios de cozinha maiores. Se tiver uma cozinha espaçosa, poderá optar por um lava-loiça com duas bacias grandes, que proporciona uma utilização mais confortável. Se, pelo contrário, dispuser de pouco espaço, os lava-loiças com uma bacia grande e outra pequena constituem uma boa alternativa.

    Os lava-loiças com uma única bacia (ou pias de cuba simples) estão disponíveis em diferentes tamanhos e formatos. Um modelo mais pequeno pode ser suficiente se não tiver muito espaço ou se raramente cozinhar. Para lavar objetos de cozinha maiores, é melhor um lava-louça com uma única bacia, mas grande, do que com duas bacias de menores dimensões.

    Os acessórios modulares que encaixam nos lava-louças são uma solução cada vez mais adotada para otimizar o espaço. Entre os diversos acessórios disponíveis estão tábuas de cozinha, tampas para os lava-loiças e escorredores em forma de cesto ou de bandeja.

  • Que formato de lava-loiça escolher?

    A escolha do formato adequado do lava‑louças pode facilitar certas tarefas, e deve ter em conta a configuração e o tamanho quer da bancada quer da própria cozinha.

    Lava-loiça de canto ALPES INOX

    Lava-loiça de canto ALPES INOX

    Os lava-louças retangulares são os mais comuns e estão disponíveis numa vasta gama de tamanhos e configurações, por exemplo com duas bacias e/ou com escorredor.  Os lava-loiças de canto permitem aproveitar o espaço nos ângulos, particularmente nas cozinhas em L e em U, deixando mais espaço livre na bancada para outras tarefas. Tal como os retangulares, existem em várias configurações. Os lava-loiças redondos e quadrados consistem, normalmente, numa única bacia e não têm escorredor, sendo ideais para cozinhas com pouco espaço. Embora os lava-loiças redondos possam ser menos práticos para lavar peças maiores, as suas curvas suaves tornam‑nos mais fáceis de limpar do que os quadrados.

    Aliás, a facilidade de limpeza é um critério a levar em conta ao escolher a forma da bacia. Os lava-louças retangulares e quadrados de ângulos internos retos estão cada vez mais na moda, especialmente em cozinhas de estilo minimalista; no entanto, são mais difíceis de limpar do que os modelos com cantos arredondados.

  • Devo escolher um lava-loiça com ou sem escorredor?

    Lava-loiça SANINDUSA

    Lava-loiça SANINDUSA

    Os lava-louças com escorredor lateral apresentam vantagens óbvias, designadamente evitarem que a água da louça deixada a secar se espalhe pela bancada, uma vez que o escorredor possui uma ligeira inclinação que a encaminha para dentro da bacia. No entanto, em muitos modelos sem escorredor integrado é agora possível adaptar acessórios que oferecem uma solução para escorrer a louça sem roubar espaço à bancada.

    Um lava-loiça com escorredor integrado pode ser uma boa opção para proteger da água uma bancada de um material menos resistente à humidade. No entanto, ocupa espaço permanente na bancada e é menos versátil do que um escorredor amovível.

    Poderá preferir‑se um lava-loiça sem escorredor integrado pela sua presença minimalista, visto que deixa mais espaço livre na bancada e esta ganha maior destaque. Como já se referiu, já há muitos lava-loiças que vêm com escorredores amovíveis, que podem ser colocados em cima da bacia quando necessário. Existem, igualmente, bacias pouco profundas concebidas para escorrer a louça, lavar e preparar alimentos, por exemplo. Trata‑se, geralmente, de uma segunda cuba de encastrar ou a fixar sobre a bancada.

Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados com *