Escolher tecidos para estofos e decoração

A escolha do tecido certo para um projeto de decoração terá um grande impacto em termos de estilo e conforto, mas também de facilidade de limpeza. Neste guia, abordamos os principais critérios de escolha de um tecido, para que possa tomar a melhor decisão.

Tecidos: ver produtos

  • Como escolher o melhor tecido para estofos e decoração?

    Tecido da DEDAR MILANO

    Tecido da DEDAR MILANO

    Hoje em dia, temos à nossa disposição tecidos numa grande variedade de padrões, densidades e materiais, características estas que vão determinar não só o estilo do tecido como também a sua qualidade.

    Principais critérios de escolha de um tecido:

    • Uso previsto
    • Dimensões, gramatura e número de fios
    • Características técnicas
    • Materiais
    • Cores e padrões / motivos
    • Novas tendências
  • Como escolher um tecido em função do uso previsto?

    Tecido para cortinados SUNBRELLA

    Tecido para cortinas da SUNBRELLA

    Os tecidos são usados em decoração principalmente para revestir estofos e confecionar cortinas, capas de almofadas e coberturas de sombreamento. É primordial escolher um tecido adequado ao uso previsto para garantir maior conforto ao utilizador final. Por exemplo, se procura um tecido para cortinas, tenha em consideração se pretende bloquear totalmente a entrada de luz natural ou apenas atenuar a sua intensidade, ou ainda se quer cortinas que ajudem a conservar o calor no interior do espaço. Os tecidos blackout são ideais para o quarto, para impedir que a primeira luz da manhã perturbe o seu sono, ao passo que os tecidos translúcidos, como o voile, deixam passar a luz, mas ajudam a manter alguma privacidade. Quanto aos tecidos para estofos, devem ser fáceis de limpar, confortáveis, resistentes à água, a manchas e ao desgaste/abrasão. Os tecidos destinados a espaços exteriores também devem apresentar resistência a manchas, aos raios UV e à água.

  • O que importa saber sobre as dimensões, gramatura e número de fios dos tecidos?

    Tecido reciclado OSBORNE & LITTLE

    Tecido reciclado da OSBORNE & LITTLE

    É importante ter em atenção as dimensões, a gramatura e o número de fios do tecido.

    Dimensões do tecido: a escolha de um tecido com largura suficiente para as peças pretendidas reduz o número de costuras necessárias, o que representa um ganho de tempo e qualidade estética superior. Para confecionar peças maiores, convém também ter em consideração o comprimento do tecido.

    Gramatura (g/m2): a gramatura corresponde ao peso do tecido em gramas por metro quadrado, ou seja, à sua densidade. Os tecidos mais pesados são geralmente mais resistentes, mas também mais caros do que os tecidos mais leves.

    Número de fios: corresponde à quantidade de fios verticais e horizontais por polegada quadrada ou por centímetro quadrado, Quanto mais alto, mais apertada é a malha do tecido. Embora um maior número de fios signifique geralmente um tecido de melhor qualidade, esta depende igualmente da espessura, regularidade, resistência e comprimento das fibras.

  • Que características técnicas dos tecidos importa ter em conta?

    As características técnicas mais importantes para a escolha de tecidos são a resistência ao fogo, à abrasão e aos agentes atmosféricos, bem como o seu impacto ambiental.

    Tecido resistente ao fogo SERGE FERRARI

    Tecido resistente ao fogo SERGE FERRARI

    Classificação de resistência ao fogo: poderá ser obrigatório usar um tecido com uma determinada classe de resistência ao fogo, consoante o uso previsto e as normas aplicáveis, nomeadamente a EN 13501-1 na UE e a NFPA 701 nos EUA. Existem tecidos de fibras intrinsecamente retardadoras de chama, como o Kevlar ou a lã. Outros possuem um revestimento retardador de chama, mas este pode deteriorar-se com o tempo e, nesse caso, será necessário voltar a aplicá-lo.

    Características ecológicas: os rótulos ecológicos Ecocert, Greenguard e Oeko‑Tex, entre outros, permitem identificar mais facilmente tecidos que contêm menos substâncias nocivas, que produzem menos resíduos ou que geram menos poluição da água e do ar. Os têxteis sem compostos orgânicos voláteis (COV) ou com baixo teor de COV contribuem para reduzir as emissões destes compostos, que são prejudiciais para a saúde. Há, ainda, tecidos fabricados com têxteis reciclados ou com materiais provenientes da agricultura biológica, que têm um menor impacto ambiental.

    Resistência à abrasão: os resultados dos ensaios de resistência à abrasão ajudam a determinar a adequação dos tecidos às diferentes aplicações. Trata‑se de um indicador particularmente útil ao escolher tecidos para estofos, dado estes estarem sujeitos a maior fricção. Os métodos mais utilizados nestes ensaios são o de Martindale, na UE, e o de Wyzenbeek, nos EUA. Um tecido que resista a, pelo menos, 40 000 ciclos no teste de Martindale ou 30 000 ciclos no teste de Wyzenbeek é considerado adequado para uso intensivo em espaços que recebem público, como na hotelaria, restauração, teatros, cinemas, etc.

    Resistência a agentes atmosféricos / intempéries: grande parte dos tecidos destinados a espaços exteriores têm propriedades de resistência à água, aos raios UV e ao bolor, que lhes garantem maior durabilidade e diminuem os cuidados necessários com os mesmos.

  • Quais os principais tipos de tecidos?

    A escolha do tipo de tecido vai depender principalmente do uso previsto e do orçamento disponível.

    Principais tecidos de fibras naturais:

    Couro natural para estofos da ELMO

    Couro natural para estofos da ELMO

    O algodão não é caro e é fácil de encontrar em diferentes cores e padrões. Embora seja durável, respirável e resistente ao desbotamento, pode manchar‑se e amarrotar‑se com relativa facilidade. No cultivo do algodão são muitas vezes usados produtos químicos, por isso prefira algodão orgânico.

    O linho é mais caro, mas mais ecológico do que o algodão. A planta é fácil de cultivar, resistente a bactérias, insetos, doenças e bolores. Além disso, o seu cultivo requer menos água e produz menos resíduos do que a produção de algodão. Como o linho é difícil de tingir, é mais comum encontrá‑lo em tons naturais. Embora se trate de um material resistente, tem tendência a manchar‑se, a deteriorar-se quando exposto ao sol e a amarrotar‑se, sendo assim mais adequado para uso residencial ou então para uma utilização pouco intensiva em espaços não residenciais.

    A é resistente à abrasão, bem como a manchas, às chamas e ao bolor. No entanto, é mais cara do que outros tecidos e normalmente só se pode limpar a seco. Além disso, a escolha de tecidos em lã é limitada no que diz respeito a acabamentos e padrões.

    O couro resiste bem ao desgaste e é fácil de limpar, mas também é bastante caro e a sua conservação poderá exigir a aplicação de produtos especiais de tempos a tempos.

    A seda destaca‑se pela extrema suavidade ao tato e aparência irresistível. No entanto, é cara, pode manchar‑se facilmente e requer cuidados especiais, sendo por isso mais apropriada para uso ocasional em projetos de luxo.

    Principais tecidos sintéticos:

    Tecido de poliéster LUCIANO MARCATO

    Tecido de poliéster LUCIANO MARCATO

    O poliéster é resistente ao desgaste, a manchas, ao desbotamento e não se amarrota. Está disponível numa vasta gama de cores e acabamentos. Estas características tornam-no ideal para uma grande diversidade de projetos, residenciais ou não.

    O polipropileno (ou olefina) é um material altamente reciclável, durável e fácil de limpar, por vezes utilizado em tecidos para espaços exteriores.

    A viscose (ou rayon) é um material de preço bastante acessível, derivado da celulose. Pode ser usada como imitação de seda, de veludo ou de tecido chenille, mas apresenta pouca resistência ao uso.

    O acrílico seca rapidamente e é resistente ao desbotamento e ao bolor, o que o torna uma boa opção para tecidos de exterior.

    O nylon é resistente à abrasão, a insetos, ao bolor e não se amarrota, mas tem pouco resistência aos raios UV.

    Ao escolher tecidos para estofos que se destinem a projetos não residenciais ou de uso intensivo, opte por materiais robustos, que não se amarrotem e sejam resistentes a manchas e à abrasão. Apesar de existirem tecidos fabricados num único material, muitos são compostos por misturas, que oferecem melhor qualidade de acabamento, maior resistência e limpeza mais fácil a um preço mais baixo.

  • Como escolher o padrão e a cor do tecido?

    Tecido estampado NINA CAMPBELL

    Tecido estampado NINA CAMPBELL

    O padrão e a cor dos tecidos que escolher terão uma grande influência na decoração geral do espaço. Se as cores lisas são, de algum modo, atemporais, os estampados podem conferir interesse e carácter ao espaço e mesmo ajudar a disfarçar futuros sinais de desgaste nos tecidos. Para além do uso de cores e padrões, a conjugação de diferentes texturas, como veludos, sedas, fibras mais finas e mais grosseiras, pode também dar um toque de originalidade à decoração.

    O método utilizado para criar os motivos ou padrões poderá ter influência na longevidade, no estilo e na textura do tecido. Os padrões e motivos podem ser impressos nos tecidos através de diferentes técnicas, como a rotogravura ou a serigrafia têxtil, ou fazer parte do próprio tecido, como é o caso do jacquard e do damasco.

  • Quais as novas tendências na área dos tecidos?

    Tecido para ambiente externo ELITIS

    Tecidos para exteriores ELITIS

    Na área dos têxteis para estofos e decoração, têm vindo a tomar destaque os tecidos para espaços exteriores, os tecidos ecológicos e os tecidos de aspeto natural.

    Com a crescente criação de espaços de convívio ao ar livre, nunca foi tão vasta a escolha de tecidos para decoração de exteriores, quer de cores, padrões e motivos quer de tratamentos que lhes conferem especial resistência à água, aos raios UV e ao bolor, por exemplo.

    Como o impacto ambiental e o ciclo de vida dos materiais têm vindo a tornar-se cada vez mais importantes, a oferta de tecidos reciclados, naturais e orgânicos não para de aumentar. As cores e as texturas naturais bem como os tons neutros têm vindo a acompanhar esta tendência.

Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível.